Aveleda Futebol Clube : site oficial do clube de futebol de Aveleda, Vila do Conde - footeo

Entrevista a João Cruz: Médio Aveleda FC

30 de março de 2018 - 17:52

1.Como é que foi o seu percurso até chegar ao Aveleda FC?

A minha formação foi toda realizada no Gondim, bem como os dois primeiros anos de sénior. No primeiro ano fiquei na equipa A, mas acabei por jogar muito pouco. No entanto, foi um ano importante para mim pois tive um treinador que me ensinou imenso. Contudo, eu queria jogar mais e assim no ano seguinte fui para a equipa B do clube, onde consegui jogar regularmente. E podia ter continuado, mas fatores extra futebol obrigaram-me a sair.

2.Como chegou ao clube e como se tem sentido aqui?

Há dois anos comecei a trabalhar e juntamente com a universidade era impossível ter três, quatro treinos por semana. Mas não queria deixar o futebol e pensei no concelhio. A primeira opção era o clube da terra, mas a minha mãe disse-me para falar com o Felipe e ir jogar com ele. E ainda bem que tomei essa decisão, pois fui recebido muito bem por toda a gente e atualmente tenho muito orgulho em pertencer a este clube e aqui sinto-me em casa.

3.Sendo um dos elementos mais jovens do plantel, como é estar num balneário com jogadores mais experientes? Sentiu muita diferença em relação à formação?

Existe sempre algumas diferenças, mas eu acho que é benéfico para os elementos mais jovens porque podemos aprender muito com eles. Por exemplo, o ano passado o Janeiro dizia-me sempre para usar o corpo e braços e a verdade é que agora uso com mais frequência e consigo proteger melhor a bola. No nosso balneário temos pessoas que têm muitos anos de futebol e os mais novos devem aprender com eles, pois isso só os vai ajudar a melhorar o seu jogo.

4.Como vê os seus colegas de equipa mais novos? Acha que há potencial para o futuro?

Eu acho que sim. Eles são bons jogadores e com muito potencial! Mesmo os juniores que têm treinado connosco revelam muitas capacidades. E sem esquecer os elementos mais velhos que ainda têm muito para oferecer ao futebol. Por estas razões eu acho que estamos no caminho certo para concretizar o nosso sonho que é ser campeão.

5.É sabido que o treinador Ricardo Magalhães o tem adaptado a defesa esquerdo. Como é que tem gerido essa situação? Onde é que mais gosta de jogar?

Eu já tinha jogado nessa posição na minha formação, portanto não era completamente nova para mim. Ao princípio senti algumas dificuldades a nível defensivo, mas acho que tenho cumprido minimamente o meu papel. Este ano tenho experimentado várias posições, mas eu não me importo! O que eu quero é jogar e ajudar a equipa a atingir os objetivos

6.Que caraterísticas acha que são importantes um jogador ter para jogar neste campeonato? Acha que é aliciante para um jovem jogador?

Quando decidi vir para o concelhio estava um bocado com o pé atrás, mas a verdade é que fiquei surpreendido. O campeonato é muito competitivo, existem várias equipas que podem ser campeãs e os jogos são todos bem disputados e atraem muitas pessoas aos campos. Por isso, acho que sim! É um campeonato aliciante para os mais jovens! Em relação às características depende um bocado da posição do jogador. Por exemplo, os extremos podem não ser bons tecnicamente mas são rápidos, enquanto no meio campo a velocidade já não interessa tanto mas acima de tudo têm de ser fortes fisicamente, pois é um campeonato muito físico.

7.Como analisa a sua época até agora a nível pessoal e coletivo?

A nível coletivo não está a correr como queríamos, porque nós queríamos e temos qualidade para ganhar o campeonato. Infelizmente, acabamos por perder jogos que não devíamos perder e estamos já um bocado afastados da decisão. No entanto não vamos desistir e vamos ganhar os jogos que faltam e no fim fazemos as contas. Mas tendo em conta as nossas condicionantes acho que estamos a realizar um bom campeonato. A nível pessoal a época está a correr bem! Tenho jogado regularmente e acho que tenho ajudado a equipa a cumprir os objetivos.

8.Para terminar, que antevisão faz do próximo jogo com o Malta FC?

O próximo jogo com o Malta vai ser um jogo complicado, contra uma equipa muito boa e que está a realizar uma grande época. No entanto, nós já provamos que podemos derrotar qualquer equipa deste campeonato, por isso estou confiante que se a equipa encarar o jogo com vontade e querer vamos sair de Malta com os três pontos.

Comentários

  P J V E D GM GS DG  
ACD Arcos 9 3 3 0 0 9 3 +6
Bagunte 7 3 2 1 0 11 4 +7
GD Árvore 7 3 2 1 0 10 5 +5
Aveleda FC 6 2 2 0 0 6 1 +5
GDC Rio Mau 6 3 2 0 1 7 4 +3
Guilhabreu 6 3 2 0 1 6 5 +1
Desp. Vilar 6 3 2 0 1 9 7 +2
Tougues 5 3 1 2 0 5 3 +2
CDCR Gião 4 2 1 1 0 3 1 +2
10º Vairão 3 2 1 0 1 3 4 -1
11º Retorta 3 3 1 0 2 3 6 -3
12º Touguinha 3 3 1 0 2 8 12 -4
13º CCD Macieira 3 2 1 0 1 3 1 +2
14º AD Vila Chã 1 2 0 1 1 2 4 -2
15º Fornelo 0 3 0 0 3 7 12 -5
16º Labruge 0 3 0 0 3 4 10 -6
17º Fajozes 0 2 0 0 2 2 8 -6
18º FC Malta 0 3 0 0 3 2 10 -8